IA E IATF PARA BOVINOS

Objetivo:

Existem estimativas de que a o rebanho bovino brasileiro esteja em aproximadamente 219 milhões de cabeças (ABIEC, 2017) o que corresponde á 13,8% do rebanho mundial. O desenvolvimento de novas técnicas de manipulação da reprodução destes animais determina um aumento na perspectiva de crescimento deste rebanho. Novas biotecnologias da reprodução, afim de obter animais com padrões zootécnicos superiores encontram-se em pleno desenvolvimento. A inseminação artificial (IA) foi a primeira biotecnologia reprodutiva empregada no Brasil, demonstrando eficiência e baixo custo para o melhoramento genético do rebanho em larga escala. Recentemente, a IA demonstra um grande crescimento com desenvolvimento da metodologia da inseminação artificial em tempo fixo (IATF) o que diminui a necessidade de observação do rebanho e perdas ocorridas com o uso da metodologia tradicional. Para isto, se torna importante o treinamento técnico , o conhecimento de endocrinologia, fisiologia e anatomia das femeas bovinas e também a manipulação adequada do material a ser utilizado para a obtenção do sucesso no uso desta técnica.

Público:

ACADEMICOS DE MEDICINA VETERINÁRIA, ZOOTECNIA E AREAS AFINS

Período de Realização:

18/06/2020 e 20/06/2020

Professor:

CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA

Local de Realização:

Cescage Online

Carga Horária:

24:00:00h

Valor:

R$ 500,00

O valor pode ser parcelado seguindo as normas do Pagseguro